segunda-feira, 11 de abril de 2011

ALGUMAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O NINJUTSU

A imersão no conhecimento Ninja (Ninjutsu) não visa produzir atletas ou frutos de competitividade e disputas, como honrarias, pois sabemos que se trata de uma lâmina de dois gumes onde o Ego poderá sofrer deformações, sendo passivo o desenvolvimento da violência em seus mais diferentes caminhos; mundialmente conhecido por sua história, disciplina, excelência em maestria técnica, e praticado em mais de 127 países. Diferentemente de outras modalidades, para praticar Ninjutsu o aluno precisa antes passar por uma entrevista realizada pelo instrutor responsável e seu desenvolvimento (dentro e fora do local de ensino) é acompanhado realmente pelo instrutor.

O Ninjutsu treina o corpo a atender a mente e ensina a mente a ouvir o espírito, resultando em maior qualidade de vida para quem pratica.

O Ninjutsu não tem nada a ver com o instinto assassino exibido em filmes. Muito pelo contrário. O guerreiro Ninja antes de tudo prezava sempre a vida.
Não existe Arte Ninja vietnamita, tailandesa, coreana ou chinesa. Haviam sim, pequenos grupos com padrões que imitavam as ações Ninjas, mas que em nada exercem sua essência, cultura, tradição e técnicas Ninja.

A técnica, ou a arte, consiste no equilíbrio do homem com a natureza, e no aperfeiçoamento do ser humano, superando a si mesmo e disciplinando todo o seu ser, na busca de uma melhor compreensão de si. Não existe competição, pois seu objetivo é sobreviver. Uma das primeiras lições que os alunos aprendem é: Não reagir nunca por algo material. Apenas se sua vida ou a vida de alguém estiver em risco, você deve usar a Arte Marcial.
Enquanto a grande maioria das Artes Marciais denominadas como Budô (caminho da guerra) seguem o famoso código de ética Samurai conhecido como Bushidô (caminho do guerreiro) que em seu item principal lhe faz jurar de morte, ou seja, sua vida não lhe pertence, no código Ninja lhe jura a família, ao país e ao seu povo. O Ninjutsu busca, na verdade, uma liberdade total, ou seja, manter a mente e o corpo abertos.

O Ninjutsu é uma Arte Marcial que não tem forma, porque você não sabe o que vai acontecer numa situação de perigo. O praticante tem que reeducar o corpo e organizá-lo, para conquistar a liberdade de movimentos. Os praticantes aprendem a ver qualquer situação como algo que se pode resolver. Dessa forma, conquistam a autoconfiança e tornam-se pessoas melhores; trabalhando o conceito de visualização, mapeando antecipadamente seus objetivos.

Ao participar das aulas, os alunos também têm uma melhora na postura, respiração, coordenação motora e equilíbrio. Pessoas que sofrem de ansiedade, estresse e depressão, também encontrarão ajuda praticando Ninjutsu. O indivíduo começa a se sociabilizar (através de ferramentas desenvolvidas unicamente para o projeto), a ser mais forte e a encarar os medos, pois adquire confiança. Ela aprende a lidar com a força e com a dor, que fazem parte do nosso dia-a-dia. Nas técnicas em sala de aula (Dojô), além dos golpes os alunos aprendem também a utilizar algumas armas como bastões, espadas e correntes (a partir do 12 anos ou de acordo com a graduação e acompanhamento do aluno).

Trabalhamos a técnica, a utilização das armas e a parte didática que se caracterizam pela naturalidade das técnicas, liberdade de movimento e conceitos filosóficos, sem campeonatos, competições ou disputas. O Ninjutsu é para aqueles que querem desafios ao extremo, aprendendo a superá-los, o objetivo principal é o desenvolvimento do ser humano.

2 comentários:

  1. oi isso foi muito interesante por que aprendi muitas coisa como controlar a mente e o corpo

    ResponderExcluir
  2. Adorei, sou muito ligada em ninjas.

    ResponderExcluir

POSTAGENS RECENTES

POSTAGENS MAIS VISTAS